Pesquisar

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Eu não sei o caminho de volta, aprendi a gostar muito mais de mim e olhar para frente. Enxergo meus horizontes e respeito o colorido que sempre existiu no meu coração. Já olhei para baixo e hoje eu só sei olhar nos olhos, tudo ficou mais confortável ao meu redor.
O que construí já tem alicerces e as bases são sólidas. Eu não quero mais me perder de mim.

Um comentário:

  1. "viva a coragem"
    A vida não para para que pensemos...

    Adorei; abração.

    ResponderExcluir